Postado em: 9 de agosto de 2017
DIA DO PEDESTRE COM POUCOS MOTIVOS PARA COMEMORAR

Em 8 de agosto foi o Dia Internacional do Pedestre e a Seguradora Líder-DPVAT alerta para o alto risco de atropelamento nas ruas e estradas do Brasil. Segundo seu boletim, entre janeiro e junho de 2017, os pedestres ficaram em segundo lugar nas indenizações pagas por morte (26%), assim como nos acidentes com invalidez permanente (30%) e despesas médicas-hospitalares (17%). No total, foram 52.939  indenizações pagas a pedestres. Destas, 5.034 foram por morte, 42.169 por invalidez permanente e 4.736 para despesas médicas. Um número alarmante para apenas seis meses.

DEIXE UM COMENTÁRIO